sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Medo da expressão sentimental, a descoberta

ola, ja alguma vez tiveram medo de alguma coisa? de alguem? do mundo?

já alguma vez sentiram medo de fazer algo? de falar algo com alguem? mesmo que esse alguem seja o vosso próprio pai?

Então esse é o meu verdadeiro medo, esse medo perdura desde que entrei para o secundário, a minha vida mudou, mudou bastante, o mundo não parou...

Quando entrei no secundário uns criei este blog, de forma a ficar mais leve, a libertar-me, e a expressar-me...


Mas o meu pai não sabe da existencia dele! Porque o medo de mostrar perdura dentro de mim, ele sabe que sou gay assumido, mas o que ele não sabe é que tenho este blog ( o problema não e esse)  e especialmente sobre o que eu sofri na escola, eu sei que se lhe mostrar ele não vai reagir bem, como é natural, porque escondi o que sofri e fingi que estar tudo bem quando não estava...

Sei que se lhe contar ele vai fazer uma cena tipo esta:


PAI: Eu avisei-te, para mudares, tu não quises-te!
EU: Mas porque é que eu não posso ser quem sou?
PAI: Porque a sociedade, especialmente a de Coimbra é muito retrogada!
Eu:  .....
PAI: Mas faz o que que quiseres, mas depois não digas que não te avisei!

E depois perante este diálogo o que voces faziam?

Contavam o que se pssou ou não mostravam e ficavam impunes a um sofrimento?

(Respondam no questionário aqui ao lado)   ------>